Justiça interdita Cadeia Pública de Quixeré a pedido do MPCE


O juiz de direito em respondência da comarca de Quixeré, Jorge Cruz de Carvalho, determinou, na quarta-feira (21/11), a interdição parcial da Cadeia Pública de Quixeré. A ordem judicial atende Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio da Promotoria de Justiça de Quixeré. A liminar determinou ainda a proibição do ingresso de presos na unidade prisional até que o Estado do Ceará realize reformas/construções e adequações necessárias, sob pena de incidência de multa diária de R$ 1 mil.

Na ACP, o MPCE relatou a falta de condições mínimas de salubridade, segurança, saúde e integridade física e moral dos detentos, policiais e agentes penitenciários. Outra irregularidade é a superlotação, pois, apesar de a unidade prisional ter sido projetada para abrigar 20 detentos, até esta quinta-feira (22/11), havia 34 internos.

As inspeções feitas pelo MP constataram ainda que não é realizada qualquer visita de médicos, enfermeiros e/ou outros profissionais de saúde, a fim de evitar a proliferação de doenças. Também não há farmácia própria naquele estabelecimento, nem são disponibilizados analgésicos ou antitérmicos. De acordo com a promotora de Justiça Nara Rúbia Silva Vasconcelos Guerra, as condições foram verificadas nas frequentes visitas feitas à Cadeia Pública, no exercício das funções constitucionais do MP de controle externo da atividade policial.

Consta ainda na ACP problemas como: quantidade insuficiente de agentes penitenciários; inexistência de veículo para transporte de presos para audiências ou atendimento médico; deterioração do prédio; unidade prisional localizada no Centro do município, entre casas residenciais; ausência de monitoramento eletrônico; iluminação precária no entorno; ausência de segurança nas paredes externas; inexistência de muro de contenção ou guarita que impossibilite fugas ou resgates; e pequeno número de celas.

21 de maio de 2024

Iguatu recebe 2ª edição do Seminário Justiça e Cidadania nesta quarta-feira (22)

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), com apoio da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), promove, nesta quarta-feira (22/05), das 19h às 21h, em Iguatu, o Seminário Justiça e Cidadania. Com carga horária de 2 h/a, o evento é aberto ao público e ocorrerá […]

21 de maio de 2024

MP do Ceará abre inscrições para instituições de Ensino Superior firmarem convênio de estágio

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas (Segep), convocou Instituições de Ensino Superior (IES) interessadas em firmar convênio para estágio supervisionado no órgão ministerial. A celebração do acordo permite que os estudantes matriculados nas unidades de ensino ingressem nos processos seletivos de estágio de Graduação e Pós-Graduação […]

21 de maio de 2024

Impactos e possíveis soluções para falta de profissionais do IJF serão debatidas em audiência pública promovida pelo MP do Ceará

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza de Defesa da Saúde Pública, convida a população para participar de audiência pública a ser realizada no dia 28 de maio, no Auditório da Procuradoria Geral de Justiça, em Fortaleza. O encontro terá como objetivo discutir os impactos e […]

20 de maio de 2024

Ministério Público firma acordo para garantir transparência de dados previdenciários de servidores municipais de Santa Quitéria

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Santa Quitéria, firmou, nesta segunda-feira (20/05), acordo com o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Santa Quitéria (IPESQ) para regularizar e atualizar as informações do Regime Próprio da Previdência Social (RPPS) do município. O Termo de Ajustamento de Conduta […]

20 de maio de 2024

Após recomendação do MP do Ceará, processo seletivo para cargo de conselheiro no Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência é aberto 

O Município de Fortaleza acatou recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado do Ceará e, na última sexta-feira (17/05), publicou edital de convocação para a seleção de representantes da sociedade civil para integrar o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Fortaleza (Comdefor). A recomendação dos promotores de Justiça Eneas Romero de Vasconcelos […]