MPCE promove audiência pública sobre planejamento urbano de Juazeiro do Norte


28.11.17.Audiência.Pública.JuazeiroO Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) realizará, na próxima sexta-feira (01/12), uma audiência pública com o objetivo de debater o planejamento urbano, a infraestrutura e o saneamento básico de Juazeiro do Norte. O evento será promovido pela 1ª Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca e acontecerá às 10 horas, no auditório da Faculdade Paraíso do Ceará (Rua da Conceição, 1228, bairro São Miguel).

Estão convidados especialistas, autoridades públicas e toda a sociedade civil e o debate terá foco, principalmente, nos bairros São José, Novo Juazeiro, Betolândia, Jardim Gonzaga e Frei Damião. A promotora de Justiça Efigênia Coelho Cruz convida a população de Juazeiro do Norte para participar do ato.

Além da própria participação na audiência, os cidadãos têm, ainda, a opção de manifestar-se por escrito com até cinco propostas objetivas acerca do tema da audiência que deverão ser encaminhadas para o e-mail wellington.aguiar@mpce.mp.br até às 13 horas do dia 30 de novembro.

Reunião do CAOCidadania sobre acessibilidade arquitetônicaDebater entre os órgãos de execução e fiscalização o tema da acessibilidade arquitetônica para pessoas com deficiência foi o objetivo da reunião promovida pelo Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAOCidadania) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) na última segunda-feira (12/09) na Escola Superior do MPCE (ESMP). Segundo o coordenador do CAOCidadania, promotor de Justiça Hugo Porto, na reunião foram discutidas estratégias para promover a cooperação entre os entes públicos e privados na execução de obras civis de reformas e construções, com a emissão das licenças, alvarás e o “habite-se” – autorização dada por órgão municipal para que um imóvel seja ocupado – observando-se todos os requisitos legais de acessibilidade.

A reunião contou com a presença de representantes de diversas instituições relacionadas à temática, como os Tribunais de Contas dos Municípios do Estado do Ceará (TCM) e do Estado (TCE); as Secretarias de Infraestrutura da Prefeitura de Fortaleza (SEINF) e do Estado (SEINFRA); as Secretarias do Meio Ambiente do Estado do Ceará (SEMA) e de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza (SEUMA); a Secretaria das Cidades do Estado do Ceará; os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do Ceará (CAU/CE), Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (CREA-CE) e Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CEDEF); as Vigilâncias Sanitárias do Estado e do Município de Fortaleza, a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Idosos e as Pessoas com Deficiência, a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (APRECE) e as Secretarias Regionais I e VI de Fortaleza.

O CAOCidadania disponibilizará, como uma sugestão, para todos os órgãos presentes um checklist construído pelo Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH) para ser utilizado para verificar os itens de acessibilidade em uma infraestrutura. O documento será enviado e deverá ser analisado pelos órgãos em até 20 dias. O promotor de Justiça destacou a importância de ter o nome do profissional responsável pela obra e também do agente público responsável pela emissão do documento que veicula o ato administrativo, para o caso de responsabilização, conforme estabelece a Lei Brasileira de Inclusão.

Segundo Hugo Porto, o Ceará não possui uma política estadual que estabeleça diretrizes da pessoa com deficiência prevista em lei, como deveria ter, a exemplo dos Estados do Rio de Janeiro e de Pernambuco. “Estamos todos trabalhando para que haja essa política no Ceará. Ela é importante para a uniformização de procedimentos como em concursos públicos, por exemplo, em que pode haver entendimentos diferentes dentro de órgãos de um mesmo ente. As calçadas ainda hoje são um grande problema em termos de acessibilidade. E devemos falar ainda de acessibilidade lógica, não apenas material e arquitetônica”, reforça.

Para a coordenadora auxiliar do CAOCidadania, promotora de Justiça Isabel Pôrto, o problema da falta de acesso para as pessoas com deficiência é particularmente acentuada em unidades mais antigas da área de saúde, pois as recém-construídas já são acessíveis. “Cada regional atua de forma diferente na questão de fiscalização em Fortaleza, sendo importante tentar homogeneizar os procedimentos. Outro ponto importante é a conscientização da população quanto aos direitos da pessoa com deficiência, pois, ainda hoje, muitos se sentem constrangidos em utilizar a prioridades nas filas e acabam não se beneficiando desse direito”, explica Isabel Pôrto, que também é titular da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública.

A representante da SEUMA, Astrid Câmara, informou que um novo projeto está sendo implantado pelo município, chamado de “Fortaleza Online”, e que se trata de uma plataforma que disponibilizará na internet dados sobre as construções, como o endereço e o responsável pela obra. “A acessibilidade já é um dos itens para deferimentos dos alvarás de construção. Todas as novas praças inauguradas pela Prefeitura de Fortaleza respeitam os critérios de acessibilidade. No sistema consta o nome do responsável pelo projeto. O licenciamento é dado pelo sistema. No fim do procedimento é gerada uma resposta”, destacou ela.

A gerente do Laboratório da Cidade da SEUMA, Regina Costa, explicou que o programa “Fortaleza Online” tem como uma de suas finalidades a desburocratização, pois antes algumas obras levavam anos para conseguir licença e, segundo ela, a fiscalização municipal não tem condições de verificar tudo. Sobre a fiscalização em grandes obras, Regina ressaltou que se chega a negar o “habite-se”, mas a justiça libera por força de liminar e eles têm que cumprir.

O titular do CAOCidadania lembrou ainda a importância de constar o nome dos dois profissionais responsáveis pelas obras, um do setor público e outro do privado, e alertou aos conselhos de classe sobre a responsabilização criminal e por improbidade no caso de desobediência aos itens de acessibilidade. Além disso, Hugo Porto solicitou que fossem encaminhadas informações sobre o “Fortaleza Online” para uma melhor compreensão do MPCE.

20 de maio de 2024

Ministério Público firma acordo para garantir transparência de dados previdenciários de servidores municipais de Santa Quitéria

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Santa Quitéria, firmou, nesta segunda-feira (20/05), acordo com o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Santa Quitéria (IPESQ) para regularizar e atualizar as informações do Regime Próprio da Previdência Social (RPPS) do município. O Termo de Ajustamento de Conduta […]

20 de maio de 2024

Após recomendação do MP do Ceará, processo seletivo para cargo de conselheiro no Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência é aberto 

O Município de Fortaleza acatou recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado do Ceará e, na última sexta-feira (17/05), publicou edital de convocação para a seleção de representantes da sociedade civil para integrar o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Fortaleza (Comdefor). A recomendação dos promotores de Justiça Eneas Romero de Vasconcelos […]

20 de maio de 2024

Blitz do MP do Ceará alertará para combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes neste sábado (25), na Av. Beira Mar de Fortaleza 

O Ministério Público do Estado do Ceará vai promover, neste sábado (25/05), a blitz educativa “MP do Ceará no Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O intuito é sensibilizar a população a respeito dos cuidados na prevenção à violência sexual desse público. A concentração será a partir das 15h, próximo ao espigão […]

20 de maio de 2024

MP do Ceará atualiza lista de 45 Instituições de Longa Permanência para Idosos acompanhadas pelo órgão em Fortaleza  

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Pessoa Idosa e da Pessa com Deficiência de Fortaleza, atualiza a lista de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) de Fortaleza acompanhadas pelo MP do Ceará através de procedimentos administrativos. Atualmente há 45 ILPIs sendo acompanhadas, entre […]

20 de maio de 2024

Gestão financeira é tema de palestra do MP do Ceará voltada para profissionais do Direito

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do 1° Núcleo Regional da Escola Superior do Ministério Público e do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf), com apoio da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), irá promover, na próxima quinta-feira (23/05), o evento “Gestão financeira pessoal para profissionais do Direito”, em Juazeiro do […]