MPF, MPCE e comunidades indígenas cearenses lançam campanha #IndígenasSemCovid


Para reforçar o combate à disseminação da covid-19 entre a população indígena do Ceará, Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e comunidades indígenas cearenses lançaram a campanha #IndígenasSemCovid. A ideia é propagar a mensagem de que o novo coronavírus segue circulando no estado e que, por serem ainda mais vulneráveis, os povos indígenas devem seguir todas as medidas e protocolos de prevenção à doença. 

Com linguagem simples e mensagens rápidas, quatro lideranças indígenas do estado protagonizam o vídeo principal da campanha, que enfatiza a importância de se manter o distanciamento social e fazer o uso de máscaras. Indígenas das etnias Tremembé, Jenipapo-Kanindé e Tapeba apontam atos cotidianos que devem ser evitados, como visitar vizinhos, se reunir em calçadas e jogar futebol em campinhos das comunidades. O vídeo tem como som de fundo um canto Toré, entoado por crianças indígenas de comunidade Tapeba. 

A campanha dos MPs também recebeu o reforço do coordenador-executivo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Dinamam Tuxá, que abre o vídeo lembrando que já é grande o número de indígenas vítimas da covid-19 em todo o país. Somente no Ceará, até agora, já são quase 400 indígenas contaminados pelo novo coronavírus. 

Cards que apontam particularidades da incidência da doença entre populações indígenas também compõem a campanha. Além do vídeo e das peças que serão postadas nas redes sociais, a campanha também contará com carros de som que circularão entre as comunidades indígenas para reforçar as mensagens de prevenção à covid-19, com linguagens simples, diretas e acessíveis. 

A procuradora da República Nilce Cunha, uma das idealizadoras da campanha, ressalta que o esforço do MPF vem sendo pela garantia de todos os direitos da população indígena e lembra que a Constituição Federal assegura o respeito à cultura desses povos . “Precisamos, agora, da colaboração de todos para que sejam cumpridas rigorosamente as medidas sanitárias de proteção e prevenção ao novo coronavírus dentro das aldeias do Ceará”, completa. 

Já o procurador-geral de Justiça Manuel Pinheiro destaca a necessidade de reforço no estado de vigilância e na observação das regras sanitárias estabelecidas, daí a importância da campanha #IndígenasSemCovid. “O Ceará conta com uma orgulhosa ancestralidade indígena, sendo a 8ª unidade da federação em número de etnias, possuindo 15 povos registrados. O Ministério Público do Estado do Ceará, o Ministério Público Federal e, principalmente, as comunidades e lideranças indígenas cearenses se unem solidariamente para solicitar o máximo de empenho e atenção para cada cidadão, para cada comunidade, para que respeitem todas as normas de proteção contra o coronavírus”. 

Covid-19 e povos indígenas 

Indígenas e não indígenas estão imunologicamente suscetíveis a vírus que nunca circularam antes, como é o caso do novo coronavírus causador da covid-19. Diferentes estudos atestam que povos indígenas são mais vulneráveis a epidemias em função de condições sociais, econômicas e de saúde piores do que as dos não indígenas, o que amplifica o potencial de disseminação de doenças. 

Serviço:
Campanha #IndígenasSemCovid
Vídeos: https://www.youtube.com/user/MinisterioPublicoCE
Redes Sociais: https://www.instagram.com/mpce_oficial/

21 de maio de 2024

MP do Ceará abre inscrições para instituições de Ensino Superior firmarem convênio de estágio

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas (Segep), convocou Instituições de Ensino Superior (IES) interessadas em firmar convênio para estágio supervisionado no órgão ministerial. A celebração do acordo permite que os estudantes matriculados nas unidades de ensino ingressem nos processos seletivos de estágio de Graduação e Pós-Graduação […]

21 de maio de 2024

Impactos e possíveis soluções para falta de profissionais do IJF serão debatidas em audiência pública promovida pelo MP do Ceará

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza de Defesa da Saúde Pública, convida população para participar de audiência pública a ser realizada no dia 28 de maio, no Plenário dos Órgãos Colegiados da Procuradoria Geral de Justiça, em Fortaleza. O encontro terá como objetivo discutir os […]

20 de maio de 2024

Ministério Público firma acordo para garantir transparência de dados previdenciários de servidores municipais de Santa Quitéria

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Santa Quitéria, firmou, nesta segunda-feira (20/05), acordo com o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Santa Quitéria (IPESQ) para regularizar e atualizar as informações do Regime Próprio da Previdência Social (RPPS) do município. O Termo de Ajustamento de Conduta […]

20 de maio de 2024

Após recomendação do MP do Ceará, processo seletivo para cargo de conselheiro no Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência é aberto 

O Município de Fortaleza acatou recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado do Ceará e, na última sexta-feira (17/05), publicou edital de convocação para a seleção de representantes da sociedade civil para integrar o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Fortaleza (Comdefor). A recomendação dos promotores de Justiça Eneas Romero de Vasconcelos […]

20 de maio de 2024

Blitz do MP do Ceará alertará para combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes neste sábado (25), na Av. Beira Mar de Fortaleza 

O Ministério Público do Estado do Ceará vai promover, neste sábado (25/05), a blitz educativa “MP do Ceará no Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O intuito é sensibilizar a população a respeito dos cuidados na prevenção à violência sexual desse público. A concentração será a partir das 15h, próximo ao espigão […]