Vencedores


Jornalismo impresso

1º lugar: Messias Vasconcelos Borges, com a reportagem “Dr. Assédio”, do jornal Diário do Nordeste;

2º lugar: Carlos Eduardo Pereira Freitas, com a reportagem “Entre o Dever e o Crime”, do jornal Diário do Nordeste;

3º lugar: Cláudio dos Santos Ribeiro, com a reportagem “Presos no Ceará ‘compram’ contas bancárias para uso em golpes telefônicos”, do jornal O Povo.

Telejornalismo

1º lugar: Alessandro Manso Torres, com a reportagem “’Dona da Cadeia’ comandava central de golpes”, da TV Globo;

2º lugar: Aline de Oliveira Lima, com a reportagem “Quando o amor vira dor”, da TV Verdes Mares;

3º lugar: Cibele Fabrícia Couto Carvalho, representante da reportagem “Desafios para um envelhecimento cidadão”, da TV Assembleia.

Radiojornalismo

1º lugar: Roberta Rocha de Sousa Farias, com a reportagem “Filhos do coração”, da Rádio FM Dom Bosco;

2º lugar: Jackson de Moura Oliveira, com a reportagem “Torcida pela paz: os efeitos da venda de bebidas alcoólicas em estádio de futebol”, da Rádio Tribuna Band News;

3º lugar: Lauriberto Carneiro Braga, com a reportagem “Atuação do MPCE na defesa dos direitos sociais”, da Fortaleza FM 90.7.

Webjornalismo

1º lugar: Jéssima Welma de Assis Gonçalves, com a série de reportagens “O Direito à Defesa”, do Portal Diário do Nordeste Online;

2º lugar: Rafael Luís Azevedo, representante da reportagem “Futebol para todos”, do site Verminosos por Futebol;

3º lugar: Bruno de Castro Brito, representante da reportagem “Vidas negras importam”, do Portal Ceará Crioulo.

Fotojornalismo

1º lugar: Raimundo Nonato Duarte Rodrigues, autor do trabalho “Recomeçar”, do jornal Diário do Nordeste;

2º lugar: Camila Façanha da Costa Lima, autora do trabalho “Esperança – Uma luz no fim dos escombros”, do jornal Diário do Nordeste;

3º lugar: Fábio Procópio Lima, autor do trabalho “Tragédia anunciada”, do jornal O Povo.

Acadêmico

1º lugar: Januele Cavalcante Pinheiro Melo, representante do trabalho “Serviluz que permanece”, da UFC;

2º lugar: Luana Érica dos Santos Ribeiro, representante do trabalho “Suicídio: Projeto Vidas Preservadas desenvolve ações em defesa da vida”, do Uni7;

3º lugar: Davi César Batista Soares, representante do trabalho “Se essa cidade fosse minha”, da UFC.