Operação do MPCE e da SSPDS cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão para coibir homicídios no Vale do Jaguaribe 


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Promotoria de Justiça de São João do Jaguaribe, realizou operação entre os dias 16 e 21 de março, em parceria com a Polícia Civil do Ceará e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), para coibir a ocorrência de crimes contra a vida no Vale do Jaguaribe. A força-tarefa cumpriu mandados de prisão no Ceará – nos municípios de Fortaleza, Caucaia, São João do Jaguaribe, Juazeiro do Norte e Limoeiro do Norte – e em Minas Gerais, no município de Mário Campos.   

A SSPDS vem desenvolvendo uma força tarefa de segurança no município de São João do Jaguaribe, com o objetivo de combater a criminalidade e apurar a ocorrência de crimes contra a vida, extorsões e outros delitos registrados na região. Para isso, a Secretaria conta com apoio do Ministério Público, que vem acompanhando as investigações e ações adotadas no município. 

No dia 10 de março de 2023, por atuação da Promotoria de Justiça de Tabuleiro do Norte vinculada à Promotoria de São João do Jaguaribe, através do promotor de Justiça João Marcelo e Silva Diniz e da Assessora Jurídica do órgão ministerial, Dayane Darley Santos Sousa, foram protocoladas no 3º Núcleo de Custódia de Quixadá sete pareceres favoráveis às representações pela prisão preventiva, busca e apreensão, quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico, além de bloqueio de contas bancárias de criminosos atuantes no município de São João do Jaguaribe. A formulação foi feita pelo delegado atuante na Delegacia de São João do Jaguaribe, Paulo Hernesto Pereira Tavares. 

Posteriormente, acatando representação da autoridade policial e pareceres do Ministério Público, o Juízo do Núcleo de Custódia deferiu as medidas cautelares requestadas e expediu 15 mandados de busca e apreensão, além de 18 mandados de prisão preventiva em desfavor de pessoas envolvidas diretamente e indiretamente às ocorrências, seja prestando auxílio material ou moral, na execução de crimes registrados na região de São João do Jaguaribe. Entre os envolvidos, há seis pessoas da mesma família. 

Em 16 de março de 2023 foi então dado início ao cumprimento dos referidos expedientes, prosseguindo-se até a noite de 21 de março, resultando na prisão preventiva das seguintes pessoas: Maria das Graças de Oliveira Cazuza; Francisco Leite Cazuza; Girlene Cazuza de Oliveira; Girleide Cazuza de Oliveira; Felício das Chagas, vulgo “Macumbeiro”; Fátima Iara Oliveira Silva; José Luciano Moura da Silva, conhecido como “Zé”; Deividy Isaquiel Aquino Mendes, conhecido como “Benezinho”; Francisco Glaudeci da Silva, conhecido como “Garcia”; Najara Martins Beserra; Francisco Gabriel Silva Santos, vulgo “Sapão”; Israel Silva Ferreira, vulgo “Negro Pobre”; Francisco Aldisio da Silva; Isa Natalhia Silva Santos; Francisco Lucilio Moura da Silva, vulgo “Galego”; José Eduardo Bibiano Martins; e André Moura Paz, vulgo “André da Margarete”. Girlene Cazuza de Oliveira, Fátima Iara Oliveira Silva, Girleide Cazuza de Oliveira, José Luciano Moura da Silva e Francisco Lucilio Moura da Silva foram presos em Minas Gerais e os outros, no Ceará. 

Ademais, nas ações desenvolvidas com a participação das equipes de integram a Força Tarefa da Polícia Civil – São João do Jaguaribe, com apoio de policiais miliares do Comando Tático Rural e do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (COTAR/BEPI) e dos órgãos de inteligência, foram apreendidas quatro armas de fogo (três revólveres e uma pistola) e grande quantidade de munições. Todas as prisões são de caráter preventivo, pela prática de crimes de homicídios, tendo em vista que todos os presos atuaram de forma direta ou indireta, prestando auxílio material ou moral, na execução dos crimes. Após as prisões, todas as pessoas foram submetidas aos procedimentos de praxe, como exame de corpo delito, condução à Delegacia Policial. Todos encontram-se no sistema prisional, à disposição do Poder Judiciário. 

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br