MPCE se reúne com Pefoce para discutir realização de perícias dentro dos prazos determinados em lei


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), representado pelo promotor de Justiça Ionilton do Vale, titular da 69ª Promotoria de Justiça da Fortaleza – com atuação no Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública – e por membros que atuam em Promotorias do Júri de Fortaleza, reuniu-se virtualmente, nessa quarta-feira (24/11), com representantes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). O encontro, realizado por meio da Plataforma Microsoft Teams, ocorreu em virtude da provocação das Promotorias de Justiça do Júri da Capital cearense de que algumas perícias não ficavam prontas a tempo dos julgamentos, o que acabava por atrasar a conclusão de alguns casos. Outra questão reclamada pelos promotores do Júri era a baixa qualidade do material enviado, além da demora do retorno da comunicação inicial feita pelo MPCE.

Na reunião virtual, a Perícia Forense do Estado firmou termo de cooperação com o objetivo de realizar as perícias balísticas, de extração de dados de celular, de reprodução simulada dos fatos e de exame de sanidade mental, bem como outras perícias atinentes ao Tribunal do Júri dentro dos prazos determinados em lei. Participaram da reunião, representando o MPCE, os promotores de Justiça Ionilton do Vale, Ythalo Frota, Alice Iracema e Márcia Lopes. Já pela Pefoce, participaram: o perito geral do órgão, Júlio Torres; o coordenador de Medicina Legal, Fernando Viana; e o coordenador de Perícia Criminal (Copec), Renato Evandro.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br