MPCE será beneficiado pelo programa Cientista-Chefe


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) será beneficiado pelo Programa Cientista-Chefe, da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), que financiará bolsas para uma equipe de pesquisadores das áreas de Inteligência Artificial e Ciências de Dados para desenvolver soluções tecnológicas que atendam às necessidades da Instituição.

Na última quarta-feira (09/09), o procurador-geral de Justiça Manuel Pinheiro acompanhou a assinatura da autorização do governador do Estado para que a Funcap conceda bolsas aos pesquisadores de doutorado, mestrado e graduação da Universidade de Fortaleza (Unifor) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) que estarão engajados nos projetos de transformação digital do MPCE. A condução do Programa no MPCE ficará a cargo do Laboratório de Inovação (Lino).

O procurador-geral celebrou o momento importante para o futuro da Instituição e elogiou o trabalho desenvolvido pelo Lino. “A nossa participação no Programa Cientista-Chefe é primeira entrega importante do nosso Laboratório de Inovação. O Programa ajudou a desenvolver soluções para a Secretaria de Segurança Pública do Ceará, como o SPIA e o Big Data, que hoje são referências nacionais nesta área. Chegou a hora do MPCE também dispor de ferramentas de inteligência artificial e outras tecnologias avançadas que nos ajudem a ser mais eficientes em todas as nossas áreas de atuação, principalmente na investigação do crime organizado e no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. Hoje demos mais um passo importante para a transformação digital do MPCE e isso vai repercutir na melhoria dos serviços prestados à sociedade”, comemora Manuel Pinheiro.

A equipe de pesquisadores se dedicará inicialmente a criar ferramentas tecnológicas para auxiliar os órgãos de investigação do MPCE e a automatizar rotinas para dar mais agilidade aos processos, reduzindo a chamada “burocracia digital”.

Será a primeira vez que o MPCE contará com uma equipe de cientistas dedicada a identificar os problemas e desenvolver ferramentas tecnológicas destinadas a melhoria dos processos finalísticos de trabalho da Instituição.

O Lino é coordenado pelos promotores de Justiça André Clark, Haley de Carvalho e Hugo Porto. Segundo Porto, o programa Cientista-Chefe tem um papel fundamental por ser uma interface estruturada para a concretização de parcerias entre instituições públicas e a academia. “O nosso projeto deseja trazer mais recursos que ofereçam eficiência e precisão às investigações, para que membros e servidores tenham melhores ferramentas para tomadas de decisão, afastando-os de atividades repetitivas, de exaustivos manuseios de vastas documentações e garantindo-lhes mais recursos e tempo para o enfrentamento de demandas mais complexas e que tenham maiores alcances sociais”, explica ele.

No âmbito da Unifor e do IFCE, o projeto contará com equipe de pesquisadores em Inteligência Artificial e Ciência dos Dados, incluindo bolsistas de doutorado, de mestrado e estudantes de graduação. Para o coordenador do projeto na Unifor, professor Napoleão Nepomuceno, que faz parte do Programa de Pós-Graduação em Informática Aplicada, esta “é uma oportunidade única de adquirir e de aplicar o conhecimento acadêmico para resolver problemas de grande impacto econômico e social. O intuito é combinar as expertises das instituições para aprimorar as funções de investigação e de processamento judicial do Ministério Público, corroborando assim com o cumprimento de sua missão de defender os interesses da sociedade e garantir os direitos dos cidadãos”, disse.

Projeto do MPCE no Programa Cientista-Chefe

O projeto visa desenvolver uma pesquisa para identificar as principais tarefas que podem ser automatizadas na elaboração de peças processuais de caráter repetitivo e a automação da detecção de indícios de conduta criminosa, com foco em crimes cometidos por organizações criminosas, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e fraude à licitação.

Espera-se, desta forma, contribuir com as funções de investigação e de processamento judicial do órgão, corroborando com o cumprimento de sua missão de defender os interesses da sociedade e garantir os direitos dos cidadãos.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br