ESMP firma Termo de Cooperação Técnica com Rede Estadual de Escolas de Governo


11.09.19.Termo.Cooperação.sCom o objetivo de estabelecer parcerias mútuas no processo de capacitação de servidores públicos, a Escola Superior do Ministério Público (ESMP) firmou, na terça-feira (10/09), um Termo de Cooperação Técnica com a Rede Estadual de Escolas do Governo. Na oportunidade, a diretora-geral da ESMP e coordenadora adjunta da Rede Estadual de Escolas do Governo do Ceará, promotora de Justiça Flávia Unneberg, e a equipe da Rede de Escolas se reuniram com Salustiano Pessoa, superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE).

No documento assinado na reunião, ficaram estabelecidas algumas atribuições comuns e específicas entre as instituições, bem como: a articulação institucional para a realização de projetos e ações que visem a formação dos servidores públicos do Ceará; e a promoção de atividades conjuntas de educação corporativa na modalidade presencial ou à distância, seja por meio de cursos de capacitação e desenvolvimento profissional, seja por seminários, simpósios, oficinas e outros eventos.

Para Flávia Unneberg, a cooperação firmada é vantajosa por unir e fortalecer a Rede de Escolas. “A assinatura do termo de cooperação técnica tem esse condão de fazer com que a comunicação entre as Escolas de Governo se torne mais profícua e mais engajada. Isso faz com que a gente possa conhecer o trabalho de outras instituições e possa dialogar e transferir experiências exitosas de modo a obter melhoras na nossa proposta pedagógica e no nosso fluxo de trabalho”, destaca.

Essa intenção de apoio mútuo foi, da mesma forma, ressaltado pelo coordenador geral da Rede Estadual de Escolas de Governo do Ceará, Juarez Gomes. “Somos instituições que se aproximam para desenvolvermos trabalhos de forma integrada, de modo que possamos alcançar as instituições como um todo”, disse, garantindo o retorno de uma equipe da Rede Estadual à ESP/CE para que os profissionais possam conhecer melhor os projetos e instalações da instituição.

O superintendente da ESP/CE, Salustiano Pessoa, também destacou a importância desse trabalho realizado em rede e de forma colaborativa. “Vamos trabalhar juntos. Hoje temos muito interesse, sobretudo através do nosso Centro de Extensão em Saúde, que essas parcerias sejam realmente implementadas e traduzidas por meio de ações educativas junto à população”, afirmou.

Além da ESP/CE, entre as escolas de governo e órgãos parceiros que farão parte da cooperação, encontram-se: Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Ceará; Escola Superior do Ministério Público do Estado do Ceará; Academia Estadual de Segurança Pública do Estado do Ceará (AESP); Tribunal de Contas do Estado do Ceará; Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo; Escola de Gestão Pública do Ceará; Secretaria da Saúde do Estado do Ceará; Assembleia Legislativa do Estado do Ceará; Universidade do Parlamento Cearense; Tribunal de Justiça do Estado do Ceará; Escola Superior de Magistratura do Estado do Ceará; Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão; Instituto Municipal de Desenvolvimento de recursos Humanos de Fortaleza; Tribunal Regional Eleitoral do Ceará; Escola Judiciária Eleitoral; Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará; Escola Superior da Defensoria Pública; Justiça Federal do Ceará; Escola de Magistratura Federal, Núcleo Seccional Ceará.

Rede Estadual de Escolas de Governo do Ceará

Criada em novembro de 2009, a Rede Estadual de Escolas de Governo do Ceará é uma estratégia de articulação, troca de experiências, debates coletivos e construção de conhecimento, com vistas a implantação e aprimoramento das políticas de formação e educação permanente para os trabalhadores do serviço público.

Atualmente o órgão tem realizado uma série de reuniões mensais itinerantes junto aos demais órgãos parceiros a fim de formalizar os planos de trabalhos para os próximos anos. Nesse sentido, é que ela vem difundindo metodologias destinadas à melhoria das atividades de ensino, criando mecanismos de divulgação das boas práticas educacionais, através dos sites institucionais, de seminários, simpósios e outros eventos da mesma natureza, oportunizando a participação dos trabalhadores do serviço público em cursos e outras ações pedagógicas realizadas em conjunto, ou por disponibilidade de vagas em atividades educacionais da programação das escolas que compõem a rede ou articuladas pelas mesmas.

*Com foto e informações da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE)

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br