Iertes Pinheiro é homenageada pelo trabalho realizado na Mediação do MPCE


08.02.19.homenagem.Iertes.s“A gente deve deixar sempre uma marca por onde passar, não por vaidade, mas a título de contribuição”. Com essas palavras a ex-coordenadora do Programa dos Núcleos de Mediação (Pronumec), promotora de Justiça Iertes Meyre Gondim Pinheiro, saudou a todos durante o evento “Gratidão a Dra. Iertes”, realizado na tarde desta sexta-feira (08/02), no Plenário dos Órgãos Colegiados do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Organizado pela equipe do Pronumec, a cerimônia teve como finalidade homenagear a promotora de Justiça pelo compromisso e dedicação nos três anos à frente do Programa. Iertes Pinheiro foi coordenadora no período de 07 de janeiro de 2016 a 07 de janeiro de 2019 e, durante a gestão dela, várias conquistas foram obtidas, a exemplo da reabertura do Núcleo de Mediação de Sobral e da inauguração dos Núcleos de Forquilha e do José Walter.

Após o encerramento da gestão dela, ficam na coordenação os promotores Ana Cláudia Uchôa, Saulo Moreira Neto e José Borges de Morais Júnior. Além deles, também participaram do evento o procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, e os membros Iran Sírio, João de Deus e Lucas Brito. Estiveram presentes ainda as assessoras técnicas Jucileide Cronemberger e Patricia Palhano, bem como voluntários de todos os 13 Núcleos de Mediação do MPCE e familiares de Iertes.

Entre as expressões de gratidão, os voluntários dos Núcleos expuseram vídeos, quadros, cadernos, poemas, paródias, entre outras. A representante do MPCE também recebeu uma placa de homenagem entregue pelas assessoras técnicas do Programa. A cerimônia teve ainda orações, música e lanche para os convidados.

Depoimentos

Para Ana Cláudia Uchôa, o Pronumec cresceu muito nos últimos três anos. “A Dra. Iertes assumiu o Programa num momento muito importante. Ela fez um trabalho que fortaleceu a Mediação Comunitária em todos os Núcleos. Nós abrimos mais Núcleos no período em que a Dra. Iertes estava à frente, fortalecemos a Mediação Itinerante, demos um novo formato e realizamos vários cursos para mediadores”, detalha a nova coordenadora.

O coordenador adjunto do Pronumec, Saulo Moreira, lembrou o momento em que a promotora Iertes assumiu a coordenação com a missão de dar continuidade ao trabalho que já era desenvolvido. Já o coordenador do Pronumec na Região Norte, José Borges, ressaltou que, por meio da Mediação, o MPCE consegue chegar até a ponta, fomentando a cidadania, promovendo o diálogo e construindo uma sociedade baseada na cultura da paz.

O procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, parabenizou o trabalho realizado pelos membros que compõem o Programa. “Quando o (Edson) Landim deixou esse Núcleo de Mediação, nós quebramos a cabeça para ver quais seriam aqueles capacitados para ocupar esse vácuo deixado pelo Dr. Landim e aí chega esse trio – a Iertes, o Saulo e a Ana Cláudia – e conseguem dar continuidade e fazer com que os nossos Núcleos de Mediação do Ministério Público tenham um reconhecimento tão forte da sociedade, das instituições”, realçou.

“A Iertes deixou um legado inesquecível aqui no Ministério Público como promotora de Justiça: visão de alta evolução na trajetória que ela traçou, na atuação firme, independente, corajosa, comprometida com os princípios maiores tanto da instituição como da sociedade”, destacou o assessor de Políticas Institucionais, João de Deus.

O assessor-auxiliar de Desenvolvimento Institucional, Iran Sírio, salientou o aperfeiçoamento da Mediação como produto do trabalho desenvolvido pela promotora Iertes, evidenciando a destinação, constitucional e social, do Ministério Público de ir ao povo.

E o presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Lucas Azevedo, enfatizou que a promotora Iertes deu continuidade e aperfeiçoou um trabalho já desenvolvido, sendo motivo de orgulho para o MPCE e para a ACMP.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br