MPCE promove palestras sobre defesa dos direitos de comunidades tradicionais


0222Na última sexta-feira (10/11), o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (CAOMACE), promoveu um encontro sobre Justiça Socioambiental e Direitos Humanos, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça. Segundo o promotor de Justiça Elder Ximenes Filho, coordenador adjunto do CAOMACE, o evento teve aspectos positivos e negativos.

“Tivemos excelentes explanações, como o exemplo de uma comunidade de Remanescentes de Quilombolas, exemplarmente organizada e empoderada, consegue elevar o próprio nível de vida, ser agente da própria história e preservar o meio ambiente. O deputado estadual Renato Roseno abordou, por meio de dados, os conflitos pela disputa por recursos naturais gerados por grandes projetos desenvolvimentistas”, disse.

A promotora de Justiça Eliane Moreira, do MPPA, apresentou uma proposta de 01atuação ministerial na proteção às comunidades tradicionais, trazendo a jurisprudência da Corte Interamericana e, ao final do evento, ocorreu uma sessão de autógrafos do livro “Justiça socioambiental e direitos humanos”, de sua autoria.

Como aspecto a ser melhorado, Elder Ximenes ressaltou a necessidade de ampliar o público pra eventos que abordem este tema, como forma de sensibilizar a todos. “A sociedade em geral ainda não despertou para estes temas tão sensíveis e que sobrescrevem imenso sofrimento humano. Fica a experiência de que é preciso que os atores sociais interajam entre si e com as comunidades tradicionais”, conclui.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br